Empresas serão contratadas para recuperar artefactos museológicos

0
35
Museu da Tentativa será reabilitado em 2023. Foto: DR
- Publicidade -

O monumento não oferece condições para acomodar os funcionários e muito menos receber visitantes.

O Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente, através do seu secretário de Estado do Turismo, Hélder Marcelino, manifestou este final de semana, a necessidade de protecção e concervação do pouco acervo histórico que sobrou para potencializar o turismo em Angola.

Para este desafio, o político que falava durante a visita ao Museu da Tentativa, em Caxito, Bengo, anunciou a possibilidade de contratação de empresas com experiência em recuperação de artefactos museológicos.  

“Ainda é prematuro falar de um valor orçamental para a recuperação da infra-estrutura. Mas posso adiantar que este museu consta dos programas de investimentos e recuperação de infra-estruturas do nosso ministério”, frisou Hélder Marcelino, acrescentando que depois de reabilitado e ampliado, o museu vai oferecer mais serviços à população local e aos turistas.

O governante referiu ainda que a província do Bengo é muito rica em turismo e há necessidade de se reerguer essa infra-estrutura para potenciar o roteiro turístico. “Em breve, o Bengo terá uma infra-estrutura de grande reconhecimento”, garantiu, lamentando o estado de degradação em que se encontra o monumento.

O Museu da Tentativa, localizado na zona da Kinjanda, município do Dande, província do Bengo, vai, no próximo ano, sofrer obras de reabilitação e ampliação, para servir de fonte de arrecadação de receitas do Estado.

Deixe o seu comentário
Artigo anteriorPalácio de Ferro acolhe mostra de criatividade artística
Próximo artigoConheça a fazenda de 1932 que se transformou em museu

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui