Nagrelha vai a enterrar na terça-feira no Cemitério da Santa Ana

0
47
Nagrelha foi a maior estrela do Kuduro vivo. Foto: DR
- Publicidade -

O mais célebre cantor do estilo musical Kuduro, Gelson Caio Manuel Mendes, que morreu aos 36 anos em Luanda, vítima de doença, no Hospital D. Alexandre do Nascimento, em Luanda.

De acordo com o vice-governador provincial para o Sector Político e Social, Manuel Gonçalves, citado pela Angop, o funeral do artista está marcado para esta terça-feira, 22, no Cemitério da Santa Ana, em Luanda, e será antecedido por momentos de homenagens públicas, no Estádio da Cidadela.

Falando em conferência de imprensa, Manuel Gonçalves apelou serenidade a todos aos kuduristas e demais cidadãos para manter a ordem pública e se evitar distúrbios.

Por motivos de segurança, o cemitério estará encerrado no dia do funeral, estando exclusivamente reservado ao conhecido “Dia do Último Adeus de Nagrelha”, durante o qual, o corpo seguirá num cortejo do bairro onde o artista vivia, no município do Sambizanga, até ao cemitério.

“Estão mobilizados mais de 800 efectivos [da Polícia Nacional] para assegurar o velório, o cortejo e o momento do funeral. E peço aos cidadãos que queiram participar nas cerimónias fúnebres no Estádio da Cidadela que não vão de carro, já que a entrada de viaturas estará condicionada”, alertou o director das operações do Comando Provincial de Luanda, superintendente-chefe Lázaro Conceição.

Para aliviar o trânsito da Avenida Deolinda Rodrigues, indicada como a que estará fechada, o oficial superior fez saber que os automobilistas poderão utilizar as vias do Palanca e Terra-Nova.

Deixe o seu comentário
Artigo anterior“A nossa Cultura é a nossa maior moeda de troca”, defende Dog Murras
Próximo artigoSociedade reage à morte do “Estado Maior do Kuduro”

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui