Noite de gala marca abertura do Circuito Internacional de Teatro

0
72
- Publicidade -

O Centro Cultural Brasil Angola (CCBA), em Luanda, vai acolher a gala de abertura da 7ª edição do Circuito Internacional de Teatro (CIT), esta quinta-feira, 30, às 18h00. A iniciativa é do projecto “Cultura para Todos”.

As províncias de Luanda, Bengo e Huíla vai acolher de 6 Julho a 10 de Setembro deste ano, a 7ª edição do CIT que vai homenagear o centenário do Primeiro Presidente de Angola e Fundador da Nação, António Agostinho Neto.

O espaço cultural Elinga Teatro vai receber as exibições dos espectáculos para adultos às 19h00 e para crianças às 15h00. Os bilhetes estão a ser comercializados no local do evento ao preço de 2.000 kwanzas.

Falando em conferência de imprensa, realizada na última terça-feira no CCBA, em Luanda,

De acordo com a informação foi avançada na última terça-feira, o membro da organização, Simão Paulino, afirmou que vão ter em palco 100 grupos de teatro, dois dos quais provenientes de Moçambique e Brasil, que durante quatro dias vão representar algumas obras de Agostinho Neto, entre outras encenações.

O responsável Simão Paulino enfatizou que para o êxito desta homenagem a Agostinho Neto e uma melhor representação nesta edição, foi realizado no período entre   Maio e Junho, um ciclo de formação sobre vários aspectos ligados às artes cénicas.

O responsável enfatizou também que para o êxito desta homenagem a Agostinho Neto e uma melhor representação nesta edição, foi realizado no período entre   Maio e Junho, um ciclo de formação sobre vários aspectos ligados às artes cénicas.

A HOMENAGEM E DISTINÇÕES

Para a organização, a homenagem surge pelo facto de o CIT estar sempre em “casamento” com os ideias do Governo, pelo que não poderiam ficar dissociados dos festejos nacionais  e internacionais do centenário de Agostinho Neto.

Na gala de enceramento do CIT, marcada para 16 de Setembro, serão atribuídas 15 distinções nas categorias de melhor encenação, actor, actriz, cenário, luz, cénica, figurino, texto dramático, público, prémio carreira, artista, grupo, etno-teatro (Prémio Ubuntu), sonoplastia, artista revelação, interpretação de Neto e adaptação da história de Neto.

De periodicidade anual, o CIT começou a ser realizado em 2016, fazendo parte do Projecto Cultura para Todos e agrega, entre outros, os grupos e Companhias  Enigma Teatro, Miragens Teatro, Pitabel, Dadaísmo, Feloma Mussanzala e Imbondeiro Teatro.

O CIT é a principal plataforma do projecto “Cultura para Todos” e desde a sua criação já homenageou várias figuras das artes cénicas e da cultura nacional, com realce para José Mena Abrantes, Agnela Barros, Fragata de Morais, Manuel Sebastião e Diogo Colombo.

“Cultura para Todos” é uma iniciativa artístico-cultural, cuja missão é a formação do homem para a manutenção da Paz e o fortalecimento cultural.

Deixe o seu comentário
Artigo anteriorR. Kelly condenado a 30 anos de prisão
Próximo artigoMúsico Nagrelha transferido para Portugal

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui