“Os apoios da Premier Bet não têm impacto na Cultura”, Benvindo Magalhães

0
96
Benvindo Magalhães é um apresentador da TPA. Fotografia de Domingos Barrete.
- Publicidade -

O apresentador de TV e influeciador digital teceu estas considerações nesta quarta-feira, 13, em Luanda. BV foi um dos rostos convidados a presenciar a entrega de prémios aos maiores vencedores de jogos.

Falando em exclusivo ao Marimba Selutu, Benvindo Magalhães considera que as acções da empresa de jogos não têm um impacto sustentável ao sector cultural, mas sim no sector desportivo.

Tendo em conta a sua convivência com o mundo das artes em Angola, BV reforça também que dificilmente toma conhecimento de um evento em que a Premier Bet Angola patrocinou.


“Uma coisa é vermos um artista, um cantor, dançarinos e escritores a agradecerem pelo patrocínio e outra coisa é termos um organizador de evento a dizer que foi patrocinado. São coisas diferentes. Nós queremos um patrocínio em que o artista ganha de forma directa”, defende o também apresentador o próprio evento de premiação.


Para rebater a tese apresentada pelo apresentador, o humorista e embaixador da Premier Bet Angola, Kotingo, afirmou que as acções da empresa de jogos têm um impacto positivo para o desenvolvimento cultural, sendo que a empresa tem organizado diversas actividades culturais e reabilitado campo de futebol e de basquetebol.

Na ocasião, o apostador Alfredo recebeu 44 milhões de kwanzas em aposta de 3.500 kwanzas em 11 jogos de diversas ligas.  “Obrigado a todos os presentes”, foram estas as palavras de agradecimento do vencedor que superou o prémio de 2020, no valor de 42 milhões.

Por João da Cruz.

Deixe o seu comentário
Artigo anteriorVindjomba recebido pelo Vice-Presidente da República
Próximo artigo“O assimilado é a pessoa mais inconveniente que andamos a aturarʺ, Bonga Kuenda

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui