Concurso desafia 30 autores a escrever sobre vida e obra de Agostinho Neto

0
45
António Agostinho Neto é um médico, poeta e político angolano. Foto: DR
- Publicidade -

Pelo menos, 30 autores, entre adolescentes e jovens, foram seleccionados nesta semana para o concurso de literatura na província da Lunda Sul.

A Comissão multissectorial encarregue pela organização das comemorações do centenário do escritor e primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto, que se assinala a 17 de Setembro.

De acordo com o presidente da comissão organizadora, Mendes Gaspar, o concurso foi convocado em todos os municípios do Lunda-Sul e contou com a participação de 30 autores, entre adolescentes e jovens.

“Foram disponibilizados dez milhões de kwanzas para premiar os vencedores do concurso. Os critérios para o apuramento impõem aos concorrentes a obrigatoriedade de redigir, em 25  páginas, conteúdo com pendor pedagógico sobre a vida e obra do Fundador da Nação”, frisou o responsável em entrevista ao Jornal de Angola.

O  júri vai apurar os melhores textos para definir o primeiro, segundo e terceiro classificados, estando previsto como prémio o valor de 1.500 mil kwanzas para o vencedor, e a publicação da obra em livro, por uma editora de sua preferência.

A iniciativa, segundo a organização, visa preservar a memória do saudoso Presidente Agostinho Neto, e divulgar o seu legado, assim como a trajectória política do nacionalista António Agostinho Neto, para motivar a veia artística da nova geração.

O programa das festividades do centenário do “Poeta Maior” reserva, também, a realização de colóquios, espectáculos de teatro e outras actividades.

Nascido em Icolo e Bengo, a 17 de Setembro de 1922, e falecido em Moscovo, a 10 do mesmo mês, em 1979, o médico e escritor António Agostinho Neto é considerado a principal figura do país no século XX.

Presidente do Movimento Popular de Libertação de Angola desde 1962, primeiro como presidente honorário, Agostinho Neto proclamou a Independência de Angola a 11 de Novembro de 1975 e tornou-se então no primeiro Presidente de Angola até 1979.

Deixe o seu comentário
Artigo anterior“’É cedo demais’ para MPLA reclamar vitória”, afirma José Eduardo Agualusa
Próximo artigoHitler Samussuku aborda “Eleições em Angola” na SICEMAP do México

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui