Início NOTÍCIAS Jornalista Fernando Guelengue palestra na Flaus no Brasil

Jornalista Fernando Guelengue palestra na Flaus no Brasil

0
36
Fernando Guelengue é escritor e jornalista angolano. Fotografia de Judione Cabingano.

O jornalista angolano e CEO do Portal Marimba Selutu, Fernando Guelengue, vai palestrar no próximo sábado, 18, na 5ª edição da Feira de Livros e Autores Sorocabanos (Flaus), que ocorrerá em São Paulo, Brasil.

Falando sobre o tema “Jornalismo Cultural em Angola e Relação com o Brasil”, o também escritor afirmou que fará uma prelecção 20 minutos, via online. “Para além de falar da importância do Jornalismo Cultural no fortalecimento das relações entre os dois países, iremos apresentar um percurso histórico do nosso Jornalismo Cultural e a sua importância na construção da consciência crítica do País.”, explicou.

Fernando Guelengue realça também que tenciona mostrar a contribuição do Portal Cultural “Marimba Selutu” para a visibilidade da Cultura Angolana, sobretudo para os artistas que não tinham espaço mediático.

“Iremos também mostrar com factos e argumentos o quão importante foi o surgimento do nosso veículo de informação cultural [Marimba Selutu] e como tem gerado visibilidade aos angolanos que não eram tidos nem achados.”, referiu, destacando que os pontos principais da sua abordagem se centrarão na relação do Portal Marimba Selutu com o Brasil, tanto para os brasileiros que residem em Angola como os que se encontram na Terra do Samba.

Formado em Psicologia do Trabalho, é jornalista angolano há uma década e meio a trabalhar em Angola, Portugal e Brasil e Estados Unidos da América, fundando o Marimba Selutu – Portal de Notícias Culturais, em 2017.

PERFIL

O percurso profissional do jornalista Fernando Guelengue deu-lhe o prestígio de ser um dos 69 jornalistas seleccionados no livro “Jornalistas Histórias de Vida”, de Folino Sicato, Kinna Santos e Vânia Varela e a publicação do seu primeiro livro “Pobreza: O Epicentro da Exploração das Crianças em Angola”, editado e publicado no Brasil, em 2014, durante a 23ª Bienal do Livro, valeu-lhe a selecção no livro “Autores e Escritores de Angola 1642-2015”, do escritor angolano Tomás Lima Coelho.

Para além de ser pesquisador científico, membro da Associação Científica de Angola, é porta-voz da Fogueira Jornalística e analista social nos mais variados órgãos de comunicação social americanos, alemães, portugueses e brasileiros, ministrando também palestras e criando postos de trabalho para angolanos de várias regiões do país.

Deixe o seu comentário

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui