Prémios “Tigra Nova Garra” valoriza talentos angolanos

0
83
Prémios Tigra Nova Garra destacou talentos angolanos. Foto: DR
- Publicidade -

Com o propósito de premiar e elevar os novos talentos nacionais que se destacaram em diversas áreas da sociedade, a segunda edição da Gala de Premiação dos “Prémios Tigra Nova Garra”, organizada no passado dia 28 do mês de Maio, distinguiu os talentos angolanos nos ramos de Artes, Mundo Digital, Música, Meio Ambiente, Ciência & Tecnologia, Saúde e Desporto.

Emitida pela Televisão Pública de Angola, no nesta quarta-feira, 1, após o Telejornal, a Refriango pretende, de acordo com o Portal de Angola, continuar a missão como empresa de contribuir para o desenvolvimento das comunidades, através de activações e plataformas que promovam a instrução, educação, colaboração, sustentabilidade e reconhecimento do talento nacional.

O artista plástico e designer, Hélder Garcia, foi o vencedor da categoria de Arte ao levar para casa um milhão de kwanzas e pensa desenvolver o seu projecto ao digital, expandindo o seu talento para o mundo. “Acredito que será uma mais valia e admito que a participação no concurso foi uma óptima oportunidade de aprender mais com uma grande profissional, a jurada da sua categoria, Melhak Vieira, fundadora e curadora da Jahmek Galeria de Arte Contemporânea”, frisou o artista e autodidacta.

A categoria da Música Gala foi arrebatada pela jovem Olinda Simeão.

De acordo com a directora de Marketing da organização , Tânia Jardim, os nomeados dos Prémios Tigra Nova Garra são a prova perfeita de que a juventude angolana está em alerta, atenta e comprometida com o seu país. E que não tem dúvida sobre a sua capacidade para criar uma Angola melhor, mais desenvolvida e socialmente justa.

“Acreditar é a chave. Estes jovens acreditaram e perseveraram, arriscaram, sacrificaram tempo com a família e os amigos. Insistiram uma e outra vez até serem ouvidos pelos seus pares, que os nomearam para estes prémios e os elevaram para que todos os pudessem ver”, rematou.

Victor Hugo é atleta faixa preta de Jiu Jitsu e o vencedor da categoria de Desporto, sendo múltiplas vezes campeão nacional e internacional e vice-campeão africano.

Na área do Meio Ambiente, a gala premiou o jovem Marco Paulo, formado em Geologia e dedica-se actualmente à Hidrogeologia, tendo participado em diversas expedições científicas e projectos. É o autor de um projecto de controlo de inundações premiado em Nuremberga, na Alemanha.

Na categoria Ciência Tecnologia e Mundo Digital, o Eng Mauro Sérgio venceu e reconhecer ter sido uma tarefa difícil, pelo facto de todos os projectos apresentados eram inovadores e inclusivos. E projectos promissores, destacou-se a jovem Elisa Capolo, engenheira informática, empreendedora e embaixadora de Women Techmakers Luanda, organização que empodera as mulheres em tecnologia.

O momento mais alto da gala foi na revelação da vencedora da categoria de Saúde, pela obstetra Stella Constantina como a vencedora e o pediatra Kelson Francisco, que foi escolha especial do juri.

Deixe o seu comentário
Artigo anteriorJohnny Depp vence processo de difamação contra ex-mulher
Próximo artigoMorreu Milton Gonçalves, o artista que impactou a televisão brasileira

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui