Jornalista lança “Diário do Medo” em dois continentes

0
151
João Melo é um jornalista e escritor angolano. Foto: DR
- Publicidade -

O escritor e jornalista angolano João Melo lançou neste terça-feira, 19, um novo livro do género, “Diário do Medo”, no Brasil, em Portugal e na Galiza. O seu último original de poesia foi publicado em 2009, pela editora Chá de Caxinde, em Luanda.

Publicado publicado pela editora Urutau, com sede no Brasil e na Galiza, mas que distribui, igualmente, os seus títulos no mercado português, o livro “Diário do Medo” tem um total de 72 poemas, na sua quase totalidade escritos no primeiro ano da pandemia da Covid-19, entre Março e Dezembro de 2020.

Apenas sete dos textos foram escritos anteriormente, pertencendo a um original que nunca chegou a ser publicado pelo autor, por ter sido perdido devido a problemas informáticos.

A escrita do novo livro de João Melo coincidiu não somente com a pandemia da Covid-19, mas também com uma série de episódios de violência policial e de racismo em todo o mundo, como o assassinato de George Floyd e outros, e das consequentes manifestações de protesto que se lhe seguiram.

Em nota publicada na sua nova obra, o autor assume que este último “constitui uma tentativa pessoal de descrever e, sobretudo, de posicionar-me, ao mesmo tempo como poeta e indivíduo, perante tais dramáticos acontecimentos”.

A professora brasileira Débora Rendelli escreveu na orelha do livro que “poucos conseguem pôr em palavras as angústias, os anseios e os ódios compartilhados pelos indivíduos, sem cair nas repetições quotidianas, lamentadas e repetidas incessantemente. Melo faz isso.”
Depois de considerar que as imagens do poeta angolano “são descritas de forma metafórica, porém, mais reais e transparentes do que qualquer fotografia”, Rendelli acrescenta que a escrita de João Melo é “avassaladora” e que “a quietude não é própria desse autor”.

De acordo com o Jornal de Angola, “neste livro” – termina ela -, “Melo não sucumbe ao medo: enfrenta-o e sublima-o”.

“Diário do Medo”, o décimo quinto livro de poesia do autor, já está em pré-venda vi online através do site da editora Urutau (urutau.com). O mesmo deverá ir para as livrarias do Brasil, Portugal e Galiza no próximo mês de Novembro. Está ainda a ser negociada uma coedição com uma editora angolana.

Deixe o seu comentário
Artigo anteriorDefendida necessidade de criação de licenciatura em Estudos Angolanos
Próximo artigoZé Beato em concerto intimista no Lobito

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui