Livro de Moisés Candumbo questiona futuro do Mussende

0
19
Moisés Candumbo nasceu no município do Sambizanga, em Luanda, tendo as suas raízes patentes no município do Mussente, no Cuanza Sul. Foto: Divulgação
- Publicidade -

O livro “Mussende, que futuro? – Vulnerabilidade vs Potencialidade. Estratégias para o Desenvolvimento Sustentável”, do politólogo e cientista político angolano Moisés Candumbo, vai ser lançado na próxima quarta-feira, 22, no Anfiteatro do Complexo Escolar do Mussende, na Vila Sede do Município do Mussende, Província do Cuanza Sul.

De acordo com a nota de imprensa enviada ao Marimba Selutu, a obra é um estudo com enfoque geoestratégico com descrição, identificação e avaliação das vulnerabilidades e potencialidades daquela localidade.

“Localizado na região Centro Oeste de Angola. A obra reflecte vários aspectos da vida do município desde os geográficos, históricos, culturais e tradicionais”, refere a nota, sustentando que, o mesmo destaca problemas, crises e oportunidades análogas, no contexto nacional, e passíveis de correcção.

O documento esclarece também que o autor da obra de 107 páginas e 4 capítulos preocupa-se com o estado de marginalização e esquecimento em que se encontra a localidade, no que diz respeito as condições sociais dos munícipes e a capacidade de resposta dos poderes públicos.

Em entrevista recente concedida ao Programa Frontal, do jornalista Alexandre Solombe, da Rádio Despertar, o autor fundamentou não apenas as motivações que o levaram a escrever a presente obra, mas também o alcance que o trabalho científico tem para o contexto actual do País.

“O contexto inspira-nos a escrever. Inspiramo-nos na trilogia ver, sentir e querer, porque entendemos que a escrita é uma forma de participação social”, respondeu o autor Moisés Candumbo, filho de um angolano nascido no Mussende, sustentando que é um município relevante que deve entrar na agenda governamental por ser um corredor que conectaria o país ao Sul, Leste e ao Centro de Angola.

Elevado à categoria de município a 13 de Dezembro de 1965, Mussende possui uma extensão de 9.548 Km2 e, de acordo com o Censo Populacional de 2014, sua população cifrava na ordem dos 83.000 habitantes, mas as últimas projecções rondam os 110.252 habitantes.

Com apenas três Comunas, nomeadamente a Vila Sede, São Lucas/Kipaxi e Kiênha, cujo limites se dão a Norte com os municípios de Kangandala e Lukembo (Malanje), a Sul por Andulo (Bié) e a Oeste por Kibala e Libolo (Kwanza Sul). O território é atravessado pelas rodovias EN-140 e EN-240 e detém uma riqueza hidrográfica considerável e a população depende da água das cacimbas.

Com raízes no Mussende Cuanza Sul, Moisés Candumbo, nasceu no Sambizanga e é cientista político, politólogo, docente, consultor e analista político.

Tem-se apresentado como palestrante, conferencista e comenta sobre questões da realidade social e cultural de Angola, nas Rádio Cacuaco, Essencial e outras estações do país.  É poeta e ensaísta, assumindo outras áreas de domínio como contabilidade, gestão de projectos, promoção cultural.

É autor das obras “Marcos da Felicidadania – Desafios Urbanos e a Problemática da Habitação em Angola (Soletrar Editora, 2023)”, “Sinos do Evangelho (Satchi Editora, 2023)”, “Murmúrios do Silêncio (Soletrar Editora, 2018)” e outros textos publicados em revistas, antologias, jornais, portais de notícias, sites e blogs.

Deixe o seu comentário
Artigo anteriorDon Kikas encanta no concerto de 30 anos de carreira
Próximo artigoOs mais velhos – Guigo Ribeiro

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui