Ndaka Yo Wini no Festival Internacional de Jazz

0
47
Ndaka Yo Wiñi é um músico que tem se referenciado no mercado angolano. Foto: Divulgação

Pela primeira vez, o artista vai partilhar o palco com algumas referências internacionais como Richard Bona, Soweto Gospel Choir, Ntsika, Chaka Khan e outros, através do seu “Olukwembo”, álbum editado em 2018

O músico, compositor e investigador cultural, Ndaka Yo Wini, vai representar Angola no Festival Internacional de Jazz na África do Sul, a decorrer nos dias 29 a 30 de Março deste ano na Cidade do Cabo.

O representante de Angola se fará acompanhar da sua banda com um repertório inédito, e partilhar o palco com algumas referências internacionais do Jazz como Richard Bona, Soweto Gospel Choir, Ntsika, Chaka Khan, entre outros.

O Festival Internacional de Jazz da Cidade do Cabo é o principal evento da empresa de gerenciamento e produção de eventos “espAfrika”, que organizou e produziu vários outros de renome mundial.

Afectuosamente referido como “Encontro da África” pela média sul-africana e internacional, o Festival Internacional de Jazz da Cidade do Cabo é o maior evento musical da África Subsaariana.

Realizado anualmente, comemora nesta edição o seu 20º aniversário, sendo famosa por oferecer uma linha repleta de estrelas, devendo acolher cerca de 30 mil amantes da música ao longo dos dois dias.

Ndaka Yo Wini

É um talento incontornável no panorama musical angolano, com uma carreira iniciada em 2011, destaca-se pela diferença no que faz desde a promoção da sua língua materna às sonoridades tradicionais, exaltando as suas influências ancestrais desenvolvendo registos locais da música étnica.

Com uma carreira em ascensão, actualmente é considerado como uma das maiores vozes do Afro Jazz angolano.

Músico, compositor e pesquisador cultural, nascido na cidade do Lobito (Benguela)  trouxe ao público o género musical denominado “Lundongo”, defendendo um ritmo ancestral de berço.

Representou Angola em vários festivais de Jazz, em países como Brasil, Portugal, Itália e fez vários eventos em Luanda. Fez também a trilha sonora do filme “Do outro lado do mundo”.

Apresentou em Agosto de 2018 o seu primeiro trabalho discográfico intitulado “Olukwembo”, que mereceu nomeação no Top dos Mais Queridos na Categoria Prémio da Crítica.

Ndaka Yo Wini venceu o Top Rádio Luanda 2016 na Categoria Afro Jazz.

Deixe o seu comentário
Artigo anterior“Grupos estão a destruir a essência do Carnaval”, Carlos da Silva
Próximo artigoAngola desiste da Bienal de Arte de Veneza

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui