Rastas homenageiam jornalista Tomás de Melo

0
64
- Publicidade -

Com o objectivo era reunir receitas para ajudar o jornalista que está a perder a visão e tem feito muito pela divulgação do Reggae em Angola, a Associação dos Amigos de Reggae de Angola (NARA) e membros da Comunidade Rasta realizaram, na sexta-feira, 8, no Hotel Globo, em Luanda, uma homenagem a Tomás de Melo. O acto teve de mudar de formato em respeito ao luto nacional pela morte do ex-Presidente José Eduardo dos Santos.

De acordo com o Jornal de Angola, Ras Sassa, da NARA,  disse que o homenageado gostou do gesto e do calor dos amigos, que usaram o Reggae para o enaltecer.

Tomás de Melo, também conhecido por Sakamoto, é um jornalista, apaixonado pela Rádio, que estudou no Instituto Médio de Economia de Luanda (IMEL), entre 1992 e 1997, onde concluiu o curso médio de Jornalismo.

No início da carreira, ingressou em 1997, na Rádio Ecclésia. Anos depois passou a conciliar a profissão com o ensino. Depois de uma década nos quadros da Ecclésia, passou a ser prestador de serviços e nos últimos anos voluntário da emissora. Colaborou na RTP África, de 2000 a 2004, e na Voz de América, onde mantém colaboração.

A paixão pelo Reggae e a busca de conhecimento, assim como a preocupação pela divulgação do Movimento Rastafari levou-o a propor para a grelha de programas o “Raízes Reggae”, que passou a ser transmitido em 1998. A apresentação do programa resultou na amizade com membros da Comunidade Rasta.

A relação Reggae, Rasta e Jornalismo consolidou-se durante a fase final da formação quando começou a escrever notas soltas e trabalhos escolares sobre a comunidade. Um período também de muitas amizades no ciclo Rastafari nos encontros no Sambizanga e Bairro Operário. No início do Raízes Reggae  teve como principal fonte Jah Issac, líder da AMORA – Associação do Movimento Rastafari de Angola – e mais tarde por indicação deste, Ras Kilunji passou a colaborar.  

O programa de homenagem contou com as presenças de African Pirates, Billy Pitó, Hends Slash, Ras Sassa, com o suporte da Roots Vibration Sound Systems, assim como de artistas a solo e grupos de Reggae.

Deixe o seu comentário
Artigo anteriorCantora Ary com dois concertos no Brasil
Próximo artigoFesteca e CIT cancelados devido ao luto nacional

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui