UNAC-SA abre livro de condolências de Justino Handanga

0
14
- Publicidade -

A União Nacional dos Artistas e Compositores – Sociedade de Autores (UNAC-SA) abriu esta quinta-feira, 21, o acto de assinatura de condolências em memória do artista Justino Handanga, falecido por doença, na segunda-feira, 18, em Luanda. O acto está a decorrer nas instalações do Palácio de Ferro, em Luanda.

Falando em exclusivo ao Marimba Selutu, o presidente da UNAC-SA, Zeca Moreno, afirmou que a iniciativa é da organização que dirige e surgiu pelo facto do artista ter sido um associado activo.

“Este acto está destinado a todos os outros artistas angolanos e os fãs do falecido cantor, pois é um forma de honrar Justino Handanga. Cada um é livre para o tipo de homenagem que deseja, mas não é necessário levarem dinheiro”, frisou o responsável, acrescentando que este livro ficará arquivado na UNAC-SA.

Segundo Zeca Moreno, o livro de condolências ficará disponível no Palácio de Ferro até ao final desta quinta-feira, 21, dia em que o artista está a ser sepultado no cemitério municipal do Bailundo, província do Huambo.

Deixe o seu comentário
Artigo anteriorJustino Handanga vai a enterrar no cemitério municipal do Bailundo
Próximo artigoO Incrível acaso do pé esquerdo – Guigo Ribeiro

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui