Cantor Cuddy Demba deixa mundo dos vivos

0
232
Cuddy Demba foi um músico e fisiculturista angolano. Foto: DR
- Publicidade -


A revelação da informação do falecimento foi feita por um dos familiares do malogrado.

Delgado Teixeira

O músico, modelo e fisiculturista angolano Cuddy Demba morreu na última quinta-feira, 20, numa das clínicas do Distrito do Zango, em Viana, em Luanda. A revelação da morte foi feita por um dos familiares do malogrado.

Falando em exclusivo ao Marimba Selutu, Apolinário Domingos, primo do falecido revelou que calou-se a voz do artista da sua família. “Não posso acreditar que, a partir de agora, não irei ouvir mais a tua voz, meu querido primo! Apenas ficaram as lembranças das tuas músicas e historial artístico”, lamentou o nosso interlocutor, em tom de desespero.

O desaparecimento físico do artista inundou as redes sociais de várias mensagens de condolência dos seus fãs e demais angolanos que mostraram-se indignados. “Que a sua alma descanse em paz”, “Não tenho palavras para descrever”, e “Quanta tristeza!”, pode-se ler nos diferentes comentários da publicação de anúncio da morte.

Cuddy Demba foi a enterrar na tarde do último Sábado, 22, no Cemitério do Benfica, em Luanda, deixando viúva e cinco filhos.

Natural de Ndalatando, província de Cuanza Norte, Reginaldo Fuxe de Jesus Demba nasceu no dia 21 de Novembro de 1977.  

Apesar de ter iniciado a sua carreira musical aos 8 anos de idade, o artista conseguiu lançar o maxi single “Vozes Ausentes”, de cinco faixas musicais e produzidas no estúdio Elite, em Luanda, contando com as participações dos músicos Aiv-m e Auto Ventura. Os projecto contou com os estilos soul music, pop e dance music.

“Cuidado Com Aquilo Que Me Fazes” é uma das músicas do seu primeiro álbum intitulado “Não Sei Ainda Quem Tu És”, que o tornou Cuddy Demba conhecido no território nacional.

O álbum que teve um repertório rico e de sucesso nacional, teve 5 mil cópias vendidas e contou com as participações de músicos como Fausto Fonseca, Weza Costa e o rapper Kool Klever, este último, que também foi responsável pela letra das músicas. A instrumentação foi feita no estúdio Beto Max Produções com os arranjos finais na Kriativa.

Com 1 metro e 85cm, Cuddy Demba morreu como modelo e fisiculturista, mas foi a enterrar como músico e fiel da Assembleia de Deus Pentecostal, onde se terá convertido na fé nos últimos tempos.

Em 1997, integrou ao grupo “Peas Boys” e anos mais tarde concretizou um dos seus maiores sonhos de lançar o seu primeiro single de sete  faixas musicais, na portaria da Rádio Nacional de Angola, em Luanda, em 2005.

Embora ter passado por uma banda musical e ter feito sucesso num grupo de Rap, o o artista decidiu apostar numa carreira a solo.

Deixe o seu comentário
Artigo anteriorTio Biby decepcionado com a falta de eventos culturais em Cacuaco
Próximo artigoObra de Carlos Cavalheiro é destaque na Transvê Poesias no Brasil

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui