Tony Nguxi toma posse na Faculdade de Direito da UAN

0
128
Tony Nguxi é um músico, activista social africano e pesquisador cultural. Foto: Paulo Oliveira
- Publicidade -

O pesquisador cultural angolano Tony Nguxi, fundador e Presidente Honorário do “IMOSHI –SADC”, tomou posse nesta sexta-feira, 3, no auditório Maria do Carmo Medina, da Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto, em Luanda.

De acordo com uma nota da comissão eleitoral desta instituição, assinada pelo seu presidente, André Sango, o artista e coordenador do Projecto Weza Angola “foi indicado à membro da Assembleia Geral da Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto.”

Em entrevista exclusiva ao Marimba Selutu, Tony Nguxi salientou que a sua indicação naquele órgão desta instituição académica representa um bom caminho de coesão entre a Cultura e o Direito, para se alcançar uma sociedade de Direito saudável.

Tony Nguxi e membros da Assembleia Geral da Faculdade de Direito da UAN. Foto: Paulo Oliveira

“Dedicar-me-ei a proporcionar um ambiente de aproximação entre o Direito Consuetudinário e o Direito Positivo, por via de um tratamento académico que estabeleça efectivamente o equilíbrio cultural de respeito na vivência entre a ciência e as comunidades”, sustentou o também produtor, quando apresentava os fundamentos das acções que poderá levar à academia.

O músico referiu ainda que irá contribuir na divulgação máxima da ciência produzida na Faculdade de Direito e na Universidade Agostinho Neto. “Trarei à sociedade uma compreensão mais lúcida do poder do Direito nos deveres culturais do quotidiano”, rematou.

Nascido, no Luena, aos 16 de Agosto de 1967, António José Augusto, “Tony N’guxi”, é um activista socio-cultural africano e exerceu as funções de Director Provincial da Cultura do Moxico, chefe do Departamento Provincial da Cultura, Artes e Património Histórico do Moxico, foi presidente da UNAC-SA Moxico e Coordenador Regional Leste da UNAC-SA, ex-director do projecto cultural de investigação científica “HANOHENE”, do Governo Provincial do Moxico.

Com 6 filhos, está casado com Maria Joaquim Muabi, sendo autor de vários trabalhos discográficos, documentários televisivos, cinematográficos e obras literárias.

Deixe o seu comentário
Artigo anteriorZeca Moreno lança quinto álbum no mercado
Próximo artigo“Vencemos o campeonato com rappers e kuduristas”, Alberto José

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui