“A inspiração do ‘Poemas para Luanda’ é a vivência do Cazenga”, refere Edson Neves

0
334
Edson Neves é um artista e compositor angolano. Fotografia de Domingos Barrete.
- Publicidade -

Estas revelações foram proferidas recentemente, no final da apresentação dos concorrentes da 24ª Edição do Festival da Canção de Luanda (FCL), ocorrida no Palácio de Ferro, em Luanda.

Falando em exclusivo ao Portal Marimba Selutu, o artista afirmou que a inspiração das suas músicas provêm das vivências dos munícipes do Cazenga.

“Apesar de não estar a viver lá há um ano, sou oriundo do Cazenga. A inspiração da música que cantei é a vivência deste município, cuja história muitas pessoas desconhecem. Só quem vive lá, sabe o que o povo enfrenta, de facto!”, fez saber o também funcionário de uma empresa de telecomunicação, considerando que a sua música não era de intervenção social, apesar de reconhecer que esta depende da perpção de cada ouvinte.

Edson Neves explicou também ser a primeira vez que participava no Festival da Canção e que enviou a letra do “Poemas para Luanda”, no último dia do término das inscrições. “É a primeira vez [que participo] no concurso [do Festival da Canção]. Decidi escrever e cantar no concurso, porque já venho a acompanhá-lo há algum tempo e me perguntei o porquê que não vou [participar]. Infelizmente, tive um período sem nada para escrever e acho que enviei a canção no último dia [da inscrição].”, revelou, sublinhando que apenas compôs a canção no penúltimo dia, com ajuda do seu amigo Osvaldo Pinheiro.

Quanto aos concorrentes, Edson Neves considerou-os de grandes qualidades para vencerem o concurso. “Este concurso está muito forte [competitivo]. A princípio, julguei que a maioria [dos concorrentes] poderia enveredar para os estilos nacionais, mas todos estão muito na alternativa. São estilos mais complexos e que exigem muito mais de nós. As pessoas que fazem músicas alternativas são muito ‘rijas’ [talentosas]: não são concorrentes de brincadeira!”, justificou, apontando o Festival como uma amontra de oportunidade para crescer como artista.

Deixe o seu comentário
Artigo anteriorJowsah concorre no Festival da Canção com música de sua autoria
Próximo artigo“Zé Viola brindou a geração 60 da maneira mais inédita e condigna”, Félix Miranda

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui