FITI pretende aumentar movimento teatral em Maputo

0
89
Enigma é um grupo angolano convidado no festival. Foto: DR
- Publicidade -

A 18ª edição do Festival Internacional Teatro de Inverno (FITI), em Maputo, pretende este ano capitalizar o intenso movimento teatral local, como forma de criar uma maior interacção entre os grupos. O Centro Cultural Brasil – Moçambique é o local escolhido para acolher a 18ª edição do FITI, que começa a 27 de Maio e decorre até 12 de Junho, nas cidades de Maputo e Beira.

Esta intenção foi manifestada nesta terça-feira, 10, pelo coordenador do FITI, Joaquim Matavel, em entrevista à imprensa pública angolana, informando que a escolha de grupos de várias cidades locais de Moçambique para o festival visou a expansão da iniciativa e proporcionar maior proximidade entre os grupos das cidades de Nampula, Quelimane, Tete, Pemba e Lichinga.  

O responsável adiantou também que há pretensões de uma maior colaboração e troca de experiências com grupos internacionais, possibilitando dar mais qualidade e outro prestígio ao festival.

Nesta edição, referiu, a organização não prevê nenhuma homenagem a título individual ou colectivo. “Tudo está a ser feito para serem distinguidos alguns grupos participantes”, explicou.

A mudança do espaço este ano, esclareceu, deve-se ao facto da maioria das salas em Maputo estarem encerradas para reabilitação, com obras que vão dar maior dignidade às artes cénicas locais e conferir melhor qualidade ao trabalho desenvolvido pelos grupos e companhias de teatro daquele país.

Este ano, Angola vai estar representada no festival pelas companhias Enigma Teatro (Luanda) e Damba Maria (Benguela). Entre os convidados desta edição há também para destacar os grupos TX Theatre e Ladimash (África do Sul) e Plage e Klemente Tsamba (Portugal).

Ao longo da actividade estão ainda previstas a realização de seminários, debates e o lançamento de livros. O festival, de carácter anual e internacional, é organizado, desde 2004, pela Associação Cultural Girassol, com a participação de grupos nacionais e internacionais.

Deixe o seu comentário
Artigo anteriorKoffi Olomide abre seu novo álbum para colaboração de músicos angolanos
Próximo artigoPR visita viúva de Agostinho Neto

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui