“O prémio do festival Ngeya vai ajudar a melhorar as nossas condições”, diz Paula Estevão dos Santos

0
12
Paula Estevão dos Santos é uma cantora e bailarina de Tchianda, na Lunda Norte. Foto: Jacinto Figueiredo
- Publicidade -


A cantora e bailarina do Grupo Cultural Diximbi afirmou que o prémio que vão receber da organização da 3ª edição do Festival de Música e Dança Regional Leste (NGEYA), ocorrido no Largo 1º de Maio, na cidade de Saurimo, província da Lunda Sul, servirá para a melhoria das condições internas.

Falando no final do espectáculo do Festival NGEYA, no pretérito Sábado, 29 de Junho, Paula Estevão dos Santos, que lidera um grupo de mais de 14 integrantes, provenientes do município de Chitato, província da Lunda Norte, referiu que é a primeira vez que o seu grupo participa num festival desta dimensão.

“Nós conseguimos estar no festival através dos fazedores de cultura, porque nós sempre avisamos para eles e nos ajudaram a chegar até aqui. Na nossa expressão pública, utilizamos cabanza, óleo de palma, pombo e a cabaça, sem esquecer os nossos fios”, revelou a gestora do grupo Diximbi, sustentando que além da dança, expressam a cultura através da vestimenta.

Sobre a dança do conjunto, Paula Estevão dos Santos declarou que o principal estilo de dança tem sido a conhecida tchianda, elavada a patromónio cultural e imaterial no domínio das práticas sociais, rituais e actos festivos, tendo como característica os movimentos da cintura.

Fundado em 1979 pela bailarina e compositora das canções Susana Ngalula, mãe da responsável actual deste projecto artístico, o grupo Cultural Diximbi é um grupo de dança e música composto por membros de todas as faixas etárias que variam dos 13 aos 45 anos.

Além da Paula Estevão dos Santos cuidar de todas as coreografias a apresentar nos espectáculos, a sua mãe, Susana Ngalula, é quem escreve as letras e conta com o suporte de um sobrinho para o batuque.

Deixe o seu comentário
Artigo anteriorMúsico e pesquisador Mário Rui Silva morre aos 71 anos em Lisboa
Próximo artigoFascista Fofo – Guigo Ribeiro

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui