Angolanos levam ritmos ancestrais à Polónia

0
33
Grupo Nguami Maka, durante o Festival Celebrar África, no Palácio de Ferro, em Luanda. Foto: DR
- Publicidade -

O quinteto de percussão angolano Nguami Maka, que interpreta diferentes estilos musicais ancestrais, celebra 20 anos de existência e vai apresentar-se neste mês, no festival Jazztopad, em Wroclaw, na Polónia. O grupo tem representado Angola em vários países como Alemanha, China, Macau, Hong Kong e Coreia do Sul.

De acordo com um comunicado que tivemos acesso, o grupo apresentará o seu projecto mais recente denominado “Fragmentos”, uma obra inacabada que espelha a procura pela identidade partida e desagregada.

O quinteto materializa esta acção através da exploração da fusão de cinco estilos musicais primordiais de Angola como o Kilapanga (género musical existente em quase toda a África), Kazucuta, Semba, Kabetula (músicas suburbanas luandenses) e Xinguilamento (género da zona da ilha de Luanda e Samba).

A antecipar o festival, que decorre entre 18 e 27 de Novembro, na Polónia, o grupo tem antestreia marcada para Luanda, no Centro Cultural Brasil-Angola, no próximo domingo, 9 de Novembro.

O conjunto é composto pelos multi-instrumentistas especialistas em música tradicional angolana Eliseu (dikanza), Mulumba (puíta, lata, hungo, dikanza), Nando (ngoma solo), Pascoal (mukindu) e Roma (ngoma).

As peças cantadas privilegiam línguas nacionais como o Quimbundo.

Deixe o seu comentário
Artigo anteriorRacismo cultural e resistência: o Batuque de Umbigada em Capivari – Carlos Carvalho Cavalheiro
Próximo artigoAgostinho Neto é Prémio Nacional de Cultura e Artes a título póstumo

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui