Grupos carnavalescos querem aumento dos prémios

0
23
Os grupos estão preocupados com os gastos envolvidos na preparação. Foto: DR
- Publicidade -


Alguns Grupos Carnavalescos afirmaram, na segunda-feira, 12, na Marginal de Luanda, que os valores dos prémios ainda não cobrem os custos da preparação dos grupos, apesar do aumento em dobro dos prémios.

Na óptica do comandante do grupo Kabocomeu, Manuel António,  citado pela Angop, o valor devia ser no mínimo 20 milhões de kwanzas porque apenas com a indumentária o grupo gasta entre 8 a 9 milhões de kwanzas, para além das despesas com a alimentação e outros meios que  tem de custear ao longo da preparação para a esta grandiosa festa.

Para o comandante do grupo União Petrolíferos, Samuel André, apesar de ser insuficiente, o valor ajuda a cobrir algumas necessidades do grupo. Na sua opinião, o valor devia ser no mínimo 25 milhões de kwanzas.

Por seu turno, o líder do Grupo União Juventude do Kapalanga,  Adilson Felipe, defendeu que o valor do prémio devia ser no mínimo  20 milhões de kwanzas.

“Os grupos gastam muito, parece pouco mas não, é muito investimento e, por hoje, o custo [de vida] está muito elevado,  por isso,  os 15 milhões não satisfazem”, frisou.

Já o comandante do grupo União Estrela kazucuta do Cazenga, Lucas Manuel referiu que o valor do Prémio é razoável porque os dias estão difíceis para tudo e todos.

Participaram na 46ª edição do Carnaval, um total de 43 grupos, dos quais 17 infantis, 13 da classe B e igual número da classe A (adultos).

Deixe o seu comentário
Artigo anteriorPrémios do Carnaval avaliados em 58 milhões de kwanzas
Próximo artigoNovo álbum de Eduardo Paim vai incluir Semba e Kuduro

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui