Artistas passarão a pagar quota mensal de 500 kwanzas

0
116
Associados da União Nacional dos Artistas e Compositores - Sociedade de Autores. Foto: Marimba Selutu
- Publicidade -

A União Nacional dos Artistas e Compositores – Sociedade de Autores (UNAC-SA) deliberou na última Assembleia Geral Ordinária, realizada recentemente em Luanda, o reajuste do valor da quota dos associados de 200 para 500 kwanzas.

De acordo com o Jornal de Angola, várias propostas foram apresentadas e discutidas pelas Delegações Provinciais no sentido de apreciar o ajustamento do valor da quota mensal dos associados, tendo sido também perdoadas as quotas dos associados em atraso até Dezembro de 2021.

“Os membros que têm a quota paga até Dezembro de 2022, ficam isentos do reajuste aprovado”, espelha a mesma fonte, sustentando que durante o encontro foi igualmente esclarecido aos associados a actual situação da Carteira Profissional e a Pensão dos Artistas.

Com o objectivo de apreciação e aprovação de emendas introduzidas no estatuto da organização e o relatório de actividades de contas do exercício 2021, o foi igualmente transmitido em várias plataformas digitais e contou com a participação dos representantes de Luanda, Cabinda, Benguela, Huambo, Malanje, Huíla, Cuanza-Sul, Lunda Norte e Cuando Cubango.

Criada há 41 anos, a UNAC-SA é uma instituição de utilidade pública que congrega autores, compositores, músicos, dançarinos, actores e agentes de outras manifestações artísticas, com a missão de estabelecer e implementar estratégias e acções que concorram para a promoção, desenvolvimento e defesa dos interesses sócio-profissionais da classe.

Deixe o seu comentário
Artigo anteriorArtistas exigem construção de ponte em Cacuaco
Próximo artigo“Os livros devem ser lidos na língua original”, afirma Luis Fernando

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui