Médico vai lançar documentário sobre desnutrição em Angola

0
125
Médico Fernando Sebastião no meio de crianças de Malanje. Foto: DR
- Publicidade -

O médico angolano e coordenador do projeto solidário “Saúde Comunitária” teceu estas palavras neste sexta, 10, durante uma entrevista concedida ao Marimba Selutu.

Falando em exclusivo ao nosso Portal, Fernando Sebastião explicou que a causa que define a desnutrição em Angola era a fome, pelo contexto social que o País enfrentava.

“O tema foi escolhido baseando-se no contexto social que o País enfrenta. Trabalhámos em equipa e realizámos um estudo epidemiológico e demográfico com base nas situações precárias, das quais 90% das províncias angolanas enfrentam miséria extrema.”, sustentou, acrescentando que a desnutrição aumentou com a subida dos impostos, da cerca sanitária imposta pela COVID 19, da seca no Sul de Angola, dos fracos programas de Combate à Fome e Pobreza, assim como a falta de vontade política do Executivo de João Lourenço.

O médico afirmou ainda que o Projecto Saúde Comunitária é constituído, na sua maioria, por médicos.

“Saúde Comunitária é um projecto de pesquisa e apoio às comunidades carentes formado por cidadãos angolanos, com maior destaque para profissionais de Medicina. Durante as consultas efectuadas, por cada integrante do projecto, verificávamos que a maioria dos pacientes do país apresentavam um quadro clínico de desnutrição, como doença de base.”, destacou o médico formado em Cuba, esclarecendo que isto tem se repercutido negativamente na saúde de alguns munícipes pelo facto dos mesmos não se alimentarem durantes vários dias.

Quanto à produção do documentário, o também activista e defensor dos Direitos Humanos fez saber que o filme teve uma duração de cinco meses. “A produção consumiu aproximadamente 5 meses, cuja duração é de 39 minutos e 35 segundos. As principais personagens são o Dr. Fernando João Baptista Sebastião, o jornalista Fernando Guelengue, o activistas José Gomes, ‘Hatta’, Hitler Samussuku e Branco Ngola, assim como o médico Valdimiro Neto.”, finalizou.

Fernando João Baptista Sebastião é um médico e coordenador do projecto solidário “Saúde Comunitária”. É igualmente rapper, activista e membros do Movimento Hip Hop Terceira Divisão.

Deixe o seu comentário
Artigo anteriorSorocaba: Onildo Aguiar expõe máscaras com inspiração na Cultura Africana
Próximo artigoKanye West foi o cantor mais rico do mundo em 2021

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui