Netflix consegue acordo com produtora Steven Spielberg

0
152
- Publicidade -

Nos últimos anos a produtora de Spielberg esteve envolvida em filmes como “Os 7 de Chicago” e “1917”. Agora, assinou um acordo com a Netflix — “uma grande conquista” para a plataforma, escreve-se.

A produtora e distribuidora em streaming de filmes e séries Netflix conseguiu um acordo importante, “por vários anos”, com a empresa Amblin Partners, produtora de filmes de Hollywood liderada por Steven Spielberg.

O acordo, por valores não divulgados, permitirá à Netflix exibir vários filmes da Amblin Partners, que nos últimos anos esteve envolvida em longas-metragens como “Os 7 de Chicago”, “The Post” ou “1917”.

De acordo com a imprensa, a produtora tem por estrear filmes já anunciados como “West Side Story” e “Finch”, não se sabendo ainda que filmes novos desenvolvidos e produzidos pela Amblin Partners — em exclusivo ou em parceria — constarão futuramente do catálogo da Netflix.

O jornal The Wall Street Journal, que noticiou o acordo, escreveu que esta é “uma grande conquista” para a Netflix, que enfrenta cada vez mais concorrência no mercado da produção e distribuição de filmes e séries em streaming. Um mercado que, ainda assim, ainda lidera.

Os estúdios Amblin Partners irão fazer “múltiplos filmes novos para a Netflix durante o curso do acordo”, escreve ainda o The Wall Street Journal, que lembra que a Netflix já tinha em vista a exibição de aproximadamente 60 filmes originais em 2021.

Os filmes da Amblin Partners não chegarão à Netflix antes do final deste ano, na melhor previsão, indica ainda este meio de comunicação norte-americano — que não deixa de vincar que o prestígio da Netflix pode crescer com o selo de qualidade garantido pelos filmes desta produtora.

Nos últimos anos, o reconhecimento e popularidade da Netflix como produtora e distribuidora de filmes tem vindo a crescer — a quantidade de nomeações para as últimas edições dos Óscares assim o atesta — mas a categoria mais desejada dos prémios de cinema de Hollywood, a de Melhor Filme, tem fugido invariavelmente à Netflix

Steven Spielberg é já, aos 74 anos, um senador do cinema norte-americano e de Hollywood. Durante as décadas que dedicou ao cinema, realizou filmes como “Tubarão”, “E.T. — O Extra-Terrestre”, “Indiana Jones e A Grande Cruzada”, “Parque Jurássico”, “A Lista de Schindler”, “O Resgate do Soldado Ryan”, “Apanha-me Se Puderes”, “Lincoln” e “The Post”.

Numa declaração oficial citada pela imprensa norte-americana, o veterano realizador e produtor de filmes mostrou-se feliz pelo acordo alcançado: “Foi completamente claro para mim que tínhamos uma oportunidade fantástica de contar histórias novas juntos e de chegar ao público de novas formas”.

Deixe o seu comentário
Artigo anteriorAbordada consagração de Maria Borges à “embaixadora do turismo” em Angola
Próximo artigoJomo Fortunato consternado com a morte de “Zé Fininho”

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui