União dos Escritores lamenta morte de Dario de Melo

0
79
David Capelenguela é o Secretário-Geral da UEA. Foto: NJ
- Publicidade -

A União dos Escritores Angolanos (UEA) lamentou esta segunda-feira, 6, em comunicado enviado à redacção do Marimba Selutu, a morte do escritor angolano Dario de Melo, um dos mais sonantes da literatura infantil angolana.

O escritor faleceu no domingo, 5, na sua cidade natal, em Benguela, vítima de doença.

De acordo com o secretário-geral da UEA, David Capelenguela, a organização que dirige tomou conhecimento do passamento físico do escritor com profunda dor e consternação.

“Neste momento de dor e luto, a União dos Escritores Angolanos endereça à família, amigos e colegas, a mais sentida condolência e inclina-se perante a alma do seu membro, que de 1992 a 1994, exerceu a função de Presidente de Mesa da Assembleia Geral”, refere o responsável em nota de condolência.

Nascido aos aos 2 de Dezembro de 1935, na cidade de Benguela, Dario de Melo foi jornalista, professor, escritor e membro da União dos Escritores Angolanos (UEA) que de 1992 a 1994, exerceu a função de Presidente de Mesa da Assembleia Geral da UEA.

Para além de trabalhar como inspector escolar e gerente agro-pecuário, foi também editor no Instituto Nacional do Livro e do Disco e funcionário do Ministério da Informação.

Como jornalista, emprestou o seu profissionalismo na Rádio Nacional de Angola, foi director da Voz do Bié, em 1972, na TV Veja, (Revista da TPA), Jornal de Angola (1983), Correio da Semana, que fundou juntamente com Manuel Dionísio, em 1991 e do Jornal Jango, em 1992.

Deixe o seu comentário
Artigo anteriorMorreu escritor Dario de Melo aos 87 anos
Próximo artigoDesafricanização de Angola – Luzia Moniz*

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui