Brasil: Medalha de Mérito Manguxi 2023 será entregue no final de Maio

1
257
Comendadora Maureli Santos recebe a Medalha Manguxi em 2022 das mãos do Comendador Belmonte. Foto: Acervo particular de Maureli Santos.
- Publicidade -


A Ordem Comendador Belmonte (OCB), organização de honrarias ao mérito, concede anualmente a Medalha de Mérito Manguxi a personalidades ligadas às artes e cultura.

A comendadora Maureli Santos foi uma das homenageadas de 2022 e manifestou-se sobre a honraria, considerando uma honra para a sua carreira e percurso.

“Ter sido agraciada neste maravilhoso evento da Nossa Família OCB é uma grande honra para mim”, frisou Maureli Santos, que tem trabalhado pelas causas sociais com mulheres que pretendem abortar e crianças desaparecidas.

A mesma também actua na ONG Mães Virtuosas do Brasil, trabalho que deu origem a homenagem pela Ordem Comendador Belmonte por repetidas vezes.

No dia 29 de Setembro do ano passado, a OCB realizou a entrega das honrarias na Casa de Angola, na sede do Consulado Geral de Angola na cidade do Rio de Janeiro, no Brasil.

Anualmente, neste mês de Maio são homenageadas 13 pessoas de diversas áreas de actuação, especialmente aqueles voltados para os trabalhos sociais.

A OCB é uma Organização de honrarias ao mérito criada para cadastrar, credenciar e valorizar as personalidades que possuam esse status honorário de Comendador(a), homenagear (outorgar) pessoas que tenham praticado algum feito excepcional ou algum benefício à sociedade brasileira, bem como outorgar aqueles que desejam se tornar Comendador(a). Dirigida pelo Comendador Márcio Belmonte, a organização coleciona diversos títulos honorários e académicos.

A iniciativa foi criada pela Ordem Comendador Belmonte (OCB) para homenagear António Agostinho Neto (Agostinho Neto), médico, escritor e político angolano, foi o 1º Presidente de Angola após independência de Portugal, no Período de 11 de Novembro de 1975 até 10 de Setembro de 1979.

Durante a sua curta gestão política nos destinos do País, o também escritor foi chamado de “MANGUXI”, termo oriundo da língua nacional kimbundu que em português significa Agostinho.

Para este ano, o evento ocorrerá no dia 26 de Maio, no Espaço Cultural de Angola, na avenida Presidente Wilson, 113, centro, Rio de Janeiro, no Brasil.

Deixe o seu comentário
Artigo anteriorNovo livro de Carlos Cavalheiro aguarda arrecadar fundo colectivo
Próximo artigoEscritor angolano foi destaque no Festival literário de Lisboa

1 COMENTÁRIO

  1. Gratidão Nobre Ilustre amigo Doutor Carlos C.Carvalho por agraciar a minha pessoa e a minha a minha amada Família OCB.
    Com esta bela Matéria no Jornal Marimba.
    Que o Emanuel abençoe grandemente, o Senhor, família, seu trabalho e projetos futuros.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui