Celma Ribas reage críticas com anúncio de novo single

0
160
Celma Ribas é uma cantora angolano que reside nos Estados Unidos da América. Foto: DR
- Publicidade -


A cantora angolana, Celma Ribas, anunciou recentemente o lançamento de uma nova música da sua autoria, após ser criticada pelos fãs pelo facto de nos últimos tempos estar apenas a gravar os conhecidos covers e remix.

Com o objectivo de responder positivamente ao pedido dos fãs e admiradores, a cantora anunciou, através dos stories do seu perfil do Instagram, o lançamento de um novo projecto sem avançar mais detalhes do single. E aproveitou a ocasião para falar a respeito das críticas que tem recebido.

“Estou preparada para lançar uma nova música, de origem, como vocês pedem… ah! Celma tu cantas muitos covers, toda hora remix’s, se pendura, está a se pendurar. É o que eu costumo a ver nos comentários, mas é assim, vocês têm que entender uma coisa, eu comecei a cantar de verdade nos ídolos, fiz parte dos ídolos, foi assim que me tornei conhecida. Então, nos ídolos eu só cantava covers e não só, antes dos ídolos eu sempre gravava covers e que iam no Youtube”, começou por desabafar.

A artista acrescentou ainda que não vê nenhum mal em gravar covers, justificando que até músicos de grandes sucessos, o fazem com frequência e é também uma das novas formas de fazer música nos últimos tempos.

“Não vejo mal nenhum em gravar covers, artistas de grandes sucessos fazem covers de músicas, mas vem aí uma nova música, espero que gostem”, revelou a autora de sucessos como “Comando”, “Energia”, “Volta”, “Superstar”, “Tudo Acabou”, “Number One” e outros.

Recentemente Celma Ribas lançou um remix da música “Rush” original da cantora nigeriana Ayra Starr publicada em 2022, com o título “Mana Vai”.

Nascida aos 10 de Novembro de 1982, em Luanda, tendo imigrado para a cidade de Colônia, Alemanha, onde viveu com sua família por 14 anos.
Em 1996, aos 14 anos de idade, começou a cantar na Alemanha e eventualmente em viagens a Angola, estando actualmente a residir em Houston, Estados Unidos da América por conta do casamento.

Aos 26 anos dei início da carreira profissional com a produtora Semba, lançando em 2009, o seu primeiro álbum “Energia”, preparado parcialmente na Europa. No dia 20 de Junho de 2011, com a Go Edições, lançou o segundo álbum “Fantástico”, chegando a vender mais de 32 mil cópias.

Deixe o seu comentário
Artigo anteriorMinistério da Cultura verga-se a memória do padre Casimiro Congo
Próximo artigoBrasileira usa residência para construir carreira de jovens artistas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui